JOSÉ VASCONCELOS

Ralph J. Hofmann

GS  &  RJH  homenageia aqui um homem que cansado de divertir auditórios terráqueos, dono de intenso veio de curiosidade e capacidade de síntese das idiossincrasias observadas na raça humana, partiu ontem, dia 12 de outubro de 2011, com destino à banda de lá,  à procura de instantâneos humorísticos sobre anjos e arcanjos a serem utilizados em seu primeiro “Sou o Espetáculo Celestial”.  São Pedro que se cuide!

José Vasconcelos não era aquele garoto do Acre que deu certo.  

José Vasconcelos era o locutor gago de futebol, era o italiano que à noite da caminha pela Via Anchieta em busca de alguém que lhe alugue ou empreste um macaco para que possa trocar o pneu de seu carro importado novo, era o português  “com um  navio ao pescoço” e era o Kibonski, ou seja, o comediante descendo do avião da Aeroflot em Moscou e ficando instantaneamente congelado até a primavera.  E não nos esqueçamos o que falava sobre Munique:  “Sempre que eu chego à Europa eu me comunik com Munique.”

É interessante como às vezes temos percepção de que algo vai acontecer. O co-Editor e o Editor de GS & RJH, nas última semanas, em conversas, citavam piadas de José Vasconcelos, a ponto de terem pesquisado clipes com ele.  

Acho que era o próprio garotinho esperto do Acre que estava se comunicando conosco, sabedor da simpatia que tínhamos por ele.

 

(*) Foto : José  Vasconcelos no programa do Jô Soares, vide  ( José Vasconcelos – Jô Soares – Melo Maluco)

About these ads

6 Responses to JOSÉ VASCONCELOS

  1. Antonio Calado disse:

    Foi, durante muito e muito tempo, o melhor humorista do Brasil. O sonho da Vasconcelândia o tirou do cenário nacional. Concordo que Chico Anísio é bem mais versátil, mas a pureza de José Vasconcelos nunca foi igualada por ninguém mais. O único que competia com pau a pau, era o português Raul Solnado, que também já se foi de entre nós. Para mim, a notícia da passagem de José Vasconcelos, significou uma “triste partida”, o que, por sua vez, nos lembra outro nome enorme do cancioneiro brasileiro. O que lhe posso desejar é que faça uma excelente viagem e que se junte ao maravilhoso grupo que lá o espera e que, quando chegar a minha hora, eu possa ter a chance de os ver trabalhando. Tomara. – AC

  2. magu™ disse:

    AC
    Lindo epitáfio.
    Permita assinar em baixo do seu nome…

  3. Carlos S. disse:

    Lembro de seu disco, lá pelos anos 60 (havia, salvo engano, outro do Juca Chaves, Chico, acho que falta um…) e do episódio da Bela e da Fera.
    Diz a Fera, com uma voz cavernosa, medonha, horripilante:
    – Vien avec moi, ma belle…
    Depois de um brevissimo intervalo, ele completava:
    – E ela foi!…

  4. Ralph J. disse:

    Fica aqui um espaço para, hoje rememorarem José Vasconcelos, suas piadas seu gênio.

  5. Marc Aubert disse:

    O chato é que a mídia burra, desinformada, ignorante e analfabeta se refere a ela como ex-aluno da escolinha tal ou tal, como se elefosse um mero ator de segunda.
    Lembrar que ele foi o pioneiro em stand-up, que nunca proferiu um palavrão, que nunca apelou para a pornofonia, isso ninguém lembra.
    Que vá gaguejar pra serafins e querubins e trazer mais alegria onde quer que esteja.

  6. WT® disse:

    Era dos melhores! Vai fazer falta!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 72 outros seguidores