O LOBO PERDE O PELO, MAS NÃO PERDE O VICIO

Giulio Sanmartini

O economista francês Dominique Gaston André Strauss-Kahn (63 – foto), conhecido na imprensa como DSK, é membro do Partido Socialista, tendo sido por algumas vezes ministro da área econômica de seu país.

De 1° de novembro de 2007 a 18 de maio de 2011, foi o poderoso diretor geral do Fundo Monetário Internacional (FMI).

Tudo para ele parecia correr bem, e era um forte candidato a substituir Nicolas Sarkozy na presidência da França.

Mas no dia 14 de maio passado, foi preso e algemado em New York, sob acusação de ter tentado violentar sexualmente a camareira do hotel que o albergava. Todavia a acusação mostrou-se inconsistente e, mesmo tendo antecedente no assunto, o processo contra ele foi arquivado em 23 de agosto passado.

Chegou a correr a voz que e policia estadunidense teria sido, por interesses escusos, excessivamente rigorosa com ele. Tudo acabou ficando  por isso mesmo.

Mas nessa terça feira de carnaval ele foi detido na França, mais precisamente em Lille, e está sob custódia num quartel da polícia.

Ele é acusado de proxenetismo e de fazer parte do comando de um grupo de prostitutas de luxo.

A policia ouviu algumas “mocinhas” que afirmam terem tido  relações com ele hotéis e restaurantes em Paris e em Lille.

A defesa de DSK, sustenta a tese que ele desconhecia que as participantes das orgias, fossem pagas, Istoé, fariam tudo por amor a arte.

Parece que dessa vez ele caiu do cavalo em definitivo.

About these ads

9 Responses to O LOBO PERDE O PELO, MAS NÃO PERDE O VICIO

  1. Luciana disse:

    Há um ditado que diz, “Onde ha fumaça, há fogo”!
    Não existe surpresa alguma em suscitar a possibilidade, para não dizer verdade, da participação, senão, organização de um prostíbulo de luxo para orgias milionárias.
    Qual o espanto nisso?
    No Brasil a diferença reside somente na expressão que ao invés de luxo, tem somente a luxúria como forma de enfeite para as mocinhas que são levadas para o abate.
    Ou já esqueceram do ilustre Deputado Distrital acusado de pedofilia e envolvimento com prostituição, salvo engano, no Pará?
    Eu disse alguma besteira?

    • magu™ disse:

      Não, Lu.
      É que, em território nacional, a coisa é meio diferente.

      O que me espanta é a paudurisia do francês (ou deveria ter sido mais politicamente correto, escrevendo priapismo?) Em restaurantes? No banheiro? Em pé? Conheço gente que gosta disso. Não condeno. Pessoalmente prefiro a fórmula na canção do RC (Roberto Carlos): …nos lençóis macios, amantes se dão, travesseiros soltos, roupas pelo chão…

      • Luciana disse:

        Magu eu diria que isso é bom para os jovens em início de carreira e que tem pressa para conhecer tudo de uma vez só.
        Eu também comungo de sua ideia. Roberto Carlos sabe mesmo das coisas kkkkk
        (ri muito com seu comentário)

  2. Ralph J. Hofmann disse:

    Mas a questão é outra. Eu acredito que DSK tenha feito sesxo em todos os lugares, em todas as osições e em alguns casos tenha avançado o sinal e forçado a barra (estupro) apesar de que no caso da jornalista ela foi avisada para nã entrevistá-lo em lugar sem restemunha e foi.
    Por outro lado não acredito em proxenetismo da parte dele. Ele tinha mais a perder do que ganhar com isto. A mulher dele, riquíssima , parece não ter problemas com financiar seus hábitos.

  3. WT® disse:

    Já notaram que esse Strauss-Kahn é desses que “bomba” no noticiário policial? hehehehehehe

    • Luciana disse:

      Ora WT, depois de permanecer tanto tempo a frente do FMI, não seria diferente….
      Afinal, a imprensa “policial” se derrete diante do mal feito ainda mais se esse mal feito foi feito por alguém tão poderoso. Não?

      • WT® disse:

        Mas precisava essa anta ficar “dando mole” desse jeito! Já pensou se um de nós tem esse comportamento? heheheheheheheheheheeh

  4. Anhangüera® disse:

    Viagras à parte, depois de uma certa idade deve ser mais pela propaganda. Essa história me lembrou a do velhinho condenado que podia escolher a forma de morrer.
    Sorrindo, escolheu ser fuzilado por um marido traído.

  5. Marc Aubert disse:

    Do mesmo jeito que tem os Alcoolicao Anonimos tem os Sexista Anonimos.
    Esse troço é um doença, no caso dele. No meu não, más pratico com moderação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 77 outros seguidores